Na semana passada, atendendo um convite do Vinícius Sá – editor do blog Propriedades Compartilhadas -, participamos de um bate-papo sobre timeshare e propriedades compartilhadas.

Foi uma conversa muito bacana e nela, tanto eu quanto a Eliane – co-editora do Blog Timeshare – pudemos esclarecer dúvidas e destacar as vantagens do tempo compartilhado.

Muito do que falamos na conversa com o Vinícius já tinha sido apresentado por nós nos textos sobre tempo compartilhado e propriedade fracionada aqui do blog. Mas o bate-papo foi uma ótima oportunidade para reforçarmos algumas peculiaridades e diferenças das duas modalidades.

Características do timeshare

O tempo compartilhado é uma modalidade de reserva na qual você compra, antecipadamente, períodos de hospedagem. Esses períodos geralmente são divididos em períodos de sete diárias sequenciais. Em outras palavras, quando você adquire um contrato de timeshare, você está comprando semanas para usufruir, futuramente, da hospedagem em hotéis e resorts.

A grande vantagem dessa modalidade é o preço. Como você paga antecipadamente pelo período a ser gozado no futuro, os hotéis e resorts fazem descontos de até 70% em relação ao valor total do conjunto de diárias. Outras vantagens são os descontos que são dadas nas taxas de alimentação, em atividades extras, etc. Contudo, essas vantagens adicionais variam de contrato para contrato.

Destacamos na entrevista que os contratos de tempo compartilhado, se bem usados, geram grandes economias e excelentes experiências de viagem. Mas reforçamos que muitos contratos possuem muitas cláusulas, algumas restrições, que acabam dificultando o uso. O Blog Timeshare foi criado com o intuito de ajudar proprietários de tempo compartilhado a usarem seus contratos da melhor forma, ampliando as vantagens e gerando mais economia.

Entretanto, para essas vantagens serem exploradas ao máximo, é necessário fazer planejamento. A principal característica do viajante de timeshare e propriedades compartilhadas é a capacidade de se planejar. Quando o contrato é usado para fazer reservas com antecedência – especialmente em períodos de baixa temporada – a viagem sai muito mais barata.

Aproveitamos o bate-papo para contar de todas as viagens para amigos e familiares que promovemos por meio dos nossos contratos de timeshare. Essa é uma vantagem do tempo compartilhado que normalmente não fica evidente: a de permitir que outras pessoas viagem por meio do seu contrato. É possível, inclusive, vender um dos seus períodos de timeshare, como já mostramos num post daqui do blog.

Diferenças entre timeshare e propriedades compartilhadas

Destacamos as poucas diferenças entre o tempo compartilhado e a propriedade fracionada. A bem da verdade, as duas modalidades são muito parecidas. A principal diferença entre as duas é que, no timeshare, o proprietário de contrato tem direito de uso do empreendimento, uma vez que você comprou tempo de uso dividido em períodos semanais. Já na propriedade compartilhada, o proprietário também tem direito de posse.

Contudo, é importante mostrar que essa diferença gera um tipo de uso consideravelmente diferente. O fato de ter direito a uma fração da unidade imobiliária – seja o apartamento ou um quarto de hotel – te exige também responsabilidades em relação aos deveres sobre ele. Como exemplo, você será responsável por parte dos custos de manutenção da unidade imobiliária.

Na conversa, aproveitamos para dar dicas sobre pontos de atenção numa negociação de compra de contrato de tempo compartilhado, falamos o panorama do timeshare e da propriedade compartilhada no Brasil, no mundo e destacamos como a economia compartilhada é uma tendência e que veio para ficar – inclusive na indústria do turismo.